sexta-feira, 20 de outubro de 2017

CRIATIVIDADE NO COMBATE À PÓLIO

O caminho para a erradicação da pólio tem sido longo e difícil. Desde 1985, quando o Rotary abraçou a luta contra a doença, os casos de poliomielite caíram de 350.000 em 1988 para apenas dez este ano. Tal sucesso demandou muito tempo, dinheiro, flexibilidade e inovação dos milhares de voluntários que se dedicaram, e continuam se dedicando, a eliminar a paralisia infantil.

Vejamos então cinco fatos e curiosidades sobre o combate à pólio que talvez você não saiba:

1.     Fabricantes de sorvete da Síria estão congelando pacotes de gelo usados pelos voluntários e agentes da saúde para manter as vacinas na temperatura ideal durante campanhas de imunização.

2.     Celebridades como embaixadores da luta. Temos gente famosa ao nosso lado. A cantora Ivete Sangalo, a modelo Isabeli Fontana, o jogador de futebol Pato, o humorista Renato Aragão, a atriz Rosamaria Murtinho, o cantor Ziggy Marley, o Nobel da Paz Desmond Tutu, a antropologista Jane Goodall e o filantropo Bill Gates são algumas das personalidades que estão conosco, apoiando o fim da pólio.

3.     Voluntários do Rotary e agentes da saúde já subiram montanhas, atravessaram desertos e foram a ilhas distantes, muitas vezes arriscando suas vidas pelo nobre objetivo de imunizar crianças contra a paralisia infantil. O Rotary já financiou o uso de mais de 1.500 motocicletas e 6.700 veículos, além de 17 barcos de grande porte para chegar às populações que precisavam ser protegidas contra o vírus da pólio. Muitos vacinadores viajaram no lombo de burros, elefantes e camelos para atingir áreas de difícil acesso.

4.     Dos cerca de 21.000 vacinadores do Paquistão, 83% são mulheres. Este alto contingente feminino resultou em maior acesso às residências e postos de vacinação, já que as famílias são mais abertas a deixar seus filhos serem vacinados por mulheres do que por homens.


5.     Graças à dedicação do Rotary e dos seus parceiros, mais de 16 milhões de pessoas não ficaram paralíticas e estão vivendo com dignidade. Desde 1988, foram imunizadas mais de 2,5 bilhões de crianças contra a pólio.

NOVAS PARCERIAS DO ROTARY INTERNATIONAL

O Rotary adicionou dois novos parceiros à sua lista para expandir ainda mais seu leque de serviços: Habitat para a Humanidade e Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira.

Conheça mais a respeito acessando https://www.rotary.org/pt/new-partners-build-rotarys-strengths 

Conheça mais sobre nossas parcerias em https://www.rotary.org/pt/about-rotary/partnerships 

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

MUDANÇAS NO PLANO DE LIDERANÇA DISTRITAL

O Conselho Diretor do RI de 2016-17 em sua reunião de junho/17, emendou o Plano de Liderança Distrital (PLD) que entrará em vigor em 01 de julho de 2019, conforme abaixo:


  1. Combinou as comissões distritais de Atração e Engajamento de Associados e de Desenvolvimento de Novos Clubes em uma única comissão: Comissão Distrital de Desenvolvimento do Quadro Associativo;
  2. Eliminada a Comissão de Benefícios a Associados;
  3. Juntadas as responsabilidades da Comissão de Serviços Profissionais e da Comissão de Serviços à Juventude à Comissão de Serviços à Comunidade;
  4. Juntadas as responsabilidades da Comissão de Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário e da Comissão de Grupos de Companheirismo à Comissão de Serviços à Comunidade;
  5. Eliminada a Comissão Distrital de Serviços Internos;
Fonte: https://my.rotary.org/pt/board-decisions

terça-feira, 3 de outubro de 2017

ÉTICA, UM PRINCÍPIO QUE NÃO PODE TER FIM

Você conhece o Grupo de Companheirismo
Ethics Fellowship of Rotarians – EFOR?


​Fazemos parte de um Grupo de Rotarianos que entendem ser a Ética é a Essência da Prova Quádrupla.​
Nossa missão é encorajar a Família Rotária a ​intercambiar​ idéias e ​ divulgar ​o quanto a Ética contribui para tornar o Rotary mais desejável, ​ante o ​ crescente clamor mundial ​em favor da educação pautada em valores morais​ .
​Posicionamo-nos em favor dos “Objetivos Globais para o Desenvolvimento Sustentável”, estabelecidos pela ONU, ​especialmente quanto ao item ​que objetiva : “promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar acesso à justiça para todos e construir Instituições eficazes, responsáveis ​​e inclusivas em todos os níveis “.
A educação ​focada n os princípios de éticos ​em todos os níveis desde a primeira infância ​,​ contribuirá para a construção de uma sociedade ​verdadeira, justa, digna, íntegra e solidária.​
​Nosso compromisso é Servir a ​H​umanidade, incentivando ​a ​ prática​ ​d​os princípios éticos ​ e para Fazer a Diferença​.

Ética, um princípio que sempre precisará ser vivido e ensinado, especialmente cada vez mais pelo exemplo!
Ética, essência do Four Way Test!



Leia o Newsletter One (em português) em



Visite a página no Facebook

DISASTER AID INTERNATIONAL

Você já ouviu falar do Disaster Aid International? Foi criado pelo Rotary Club de Endeavour Hills - Australia e é representada no Brasil pelo companheiro Enio Bellé do RC de Chapecó - São Critóvão.

Tem como objetivo:
  • Fornecer água potável - projeto em parceria com a The SkyJuice Foundation
  • Mitigação de desastres e treinamento para ações em desastres
  • Apoio a catástrofes em nível mundial

terça-feira, 26 de setembro de 2017

FLEXIBILIDADE PARA CLUBES

Segundo pesquisas e as experiências dos rotarianos, quando o clube tem a liberdade de decidir como e quando se reunir, admitir quem quiser e usar sua própria definição de engajamento ele é mais capaz de atrair novos associados e manter os atuais motivados.
Como jamais visto antes, o  de 2016 aprovou maior flexibilidade aos clubes. As mudanças das normas abrangem quando, onde e como os clubes se reúnem e também os tipos de associação que oferecem.

Cinco maneiras para o seu clube ter mais flexibilidade

O seu clube pode decidir se deseja adotar as novas opções de flexibilidade e como usá-las. Para começar, leia os  para decidir quais mudanças podem beneficiar seu clube. Após, é só alterar seu Regimento Interno para refleti-las e colocá-las em prática. Dentro dos novos padrões, você pode sempre tentar algo diferente se o método atual não estiver funcionando.
Alguns exemplos de como o seu clube pode aplicar as novas opções de flexibilidade:
  1. Mude a programação da reunião. Seu clube pode variar dia, horário e frequência de reuniões. Por exemplo, você pode realizar uma reunião tradicional na primeira terça-feira do mês para tratar assuntos administrativos e projetos, e organizar um encontro social na última sexta-feira do mês. Desta maneira, ele atende à exigência de realizar no mínimo duas reuniões por mês.
  2. Varie seu formato de reunião. Seu clube pode realizar reunião presencial, on-line ou uma combinação destes dois formatos ao mesmo tempo, dando aos associados a opção de acompanharem ou não a reunião virtualmente.
  3. Atenue os requisitos de comparecimento. O seu clube pode atenuar os requisitos de comparecimento a reuniões para incentivar os rotarianos a participarem de outras maneiras, como desempenhando funções de liderança, atualizando o site do clube regularmente, organizando reuniões ou planejando eventos. Se o seu clube for dinâmico e oferecer uma excelente experiência a seus associados, o índice de comparecimento deles nas atividades do clube não será um problema.
  4. Ofereça vários tipos de associação. O seu clube pode oferecer um tipo de associação que possibilite ao associado envolver sua família no clube, associação júnior para profissionais em início de carreira ou associação corporativa para atrair funcionários de empresas que queiram estar representadas no clube. Cada tipo de associação pode ter suas próprias normas quanto a cotas, comparecimento a reuniões/atividades do clube e participação em projetos. Aqueles que pagarem cotas per capita ao RI serão considerados rotarianos representativos e entrarão na contagem de associados do seu clube.
  5. Convide rotaractianos para se associar ao seu clube. Você pode convidar rotaractianos para se associar ao seu Rotary Club sem que eles tenham que abandonar seu Rotaract Club. Se o clube escolher, poderá providenciar acomodações especiais para os rotaractianos, como requisitos menos rígidos de comparecimento a reuniões ou taxas reduzidas, contanto que toda decisão neste sentido conste do Regimento Interno do clube.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

TRÊS DICAS DE COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS E FAZER ACONTECER!

Hoje em dia ninguém discute o poder das redes sociais, seja para ficar em contato com familiares e amigos, seja para networking e até para fins comerciais.
Nosso contribuinte Evan Burrel oferece três dicas bastante simples para criar momento e atingir seus objetivos. Vejamos o que ele tem a dizer.
Burrel 2
Por Evan Burrell*
As mídias sociais constituem uma ferramenta muito poderosa para ganhar exposição. Mas, para atingir os resultados esperados, é preciso um pouco de preparação. Aqui estão três dicas para desenvolver uma estratégia de mídia social para o seu próximo evento ou ação.
  1. Crie uma hashtag unificada para uso em todos os canais
Ao usar uma hashtag específica, fica mais fácil para as pessoas encontrarem o que você está compartilhando e também o que os outros estão falando sobre o assunto!
  1. Compartilhe materiais visuais
Nada melhor do que compartilhar fotos e vídeos instigantes e que demonstrem ação para que mais gente tenha interesse no seu assunto e você tenha mais engajamento com os seus posts.
  1. Envolva o maior número de pessoas
Pense em todos que poderão participar do seu evento ou atividade e convide-os para a conversa nos seus canais de mídias sociais. Por exemplo, se você estiver organizando um coquetel em uma galeria de arte para arrecadar fundos a um projeto, inclua os proprietários, artistas e fornecedores em suas postagens e peça para compartilharem o conteúdo usando sua hashtag específica.
A beleza das mídias sociais é que é uma conversa onde há troca e aprendizado. Então, vamos continuar falando sobre o Rotary!
Burrel 1.PNG
*Evan Burrell é associado do Rotary Club de Turramurra, Nova Gales do Sul, Austrália
Fonte: Vozes do Rotary - 15/09/2017